Infiltração | Dr. Rodrigo Gorayeb

Infiltração

A coluna é composta por uma variedade de estruturas que vão desde os ossos e das articulações entre si, até aos ligamentos e músculos que neles se inserem, não esquecendo os nervos por ela protegidos. No entanto, os componentes da coluna que mais commumente causam situações de dor são os discos intervertebrais, não sendo os únicos responsáveis pela dor espinhal. Protrusões ou hérnias discais podem causar dores muito intensas, diminuindo fortemente a qualidade de vida das pessoas afectadas. Outras causas de dor na coluna podem ser a osteoartrose (degeneração), as estenoses (compressões dos nervos ou estreitamentos) ou dor miofascial (contracturas musculares). 

As infiltrações sãúteis para o diagnóstico da origem da dor quando não há um esclarecimento claro por parte do exame clínico e dos meios complementares imagiológicos. Geralmente aliviam a dor sentida além de melhorarem a movimentação da coluna, temporária ou definitivamente, evitando muitas vezes a realização de procedimentos mais invasivos. Ao possibilitarem a identificação da etiologia da dor existente permitem também a selecção de terapias mais específicas e melhores resultados. 

A técnica infiltrativa superficial pode ser realizada em ambulatório, i.e., no consultório médico e por norma está indicada em casos de dor muscular ou miofascial, sendo aplicada em locais específicos denominados como pontos-gatilho (trigger points). A técnica infiltrativa profunda é realizada em bloco operatório e com o auxílio da fluoroscopia (meio imagiológico). 

Pacientes com dor cervical, torácica ou lombar, que pode ser acompanhada de dor também nos membros, assim como sensações de dormência, são os que estão mais indicados para este tipo de tratamento.