Hérnia Discal | Dr. Rodrigo Gorayeb

Hérnia Discal

Consiste no deslocamento do disco no espaço intervertebral, projectando-se para fora deste. Esta projecção discal pode levar à compressão de raízes nervosas presentes nesse local, originando diversos processos, tais como inflamação e degeneração ao nível do disco, provocando dor na coluna.

Existem 3 tipos de hérnia: protrusivas, extrusivas ou sequestradas.

A sua sintomatologia inclui dores na região afectada pela lesão, podendo haver irradiação das mesmas. Caso a lesão seja ao nível do pescoço, a dor irradia para os membros superiores; caso seja lombar, para os membros inferiores. Além de dor o doente pode também sentir “formigueiro” e dormência nos braços e pernas, sendo que em casos graves pode existir perda de força nas pernas e até mesmo incontinência urinária.

Entre as suas origens podemos encontrar a má-postura. No entanto existe associação de factores hereditários, traumáticos (trabalho, desporto, acidentes), envelhecimento e comportamentais.

O diagnóstico desta patologia é clínico, havendo análise de sintomas e interpretação de resultados de exames neurológicos e complementares (raio-x, TC e RM) de forma a determinar-se também a localização e dimensão da lesão.