Balanço Sagital | Dr. Rodrigo Gorayeb

Balanço Sagital

O ser humano é o resultado de poucos milhões de anos de evolução a partir do seu antepassado primata. Ao sofrer esse desenvolvimento, o seu crânio cresceu e tornou-se mais volumoso, obrigando a que toda a estrutura correspondente à coluna vertebral e bacia acompanhassem essa evolução de forma a conseguirem sustentar as novas formas e pesos adquiridos. Em resultado dessa evolução a coluna adquiriu um conjunto de curvas naturais – cifoses e lordoses – que ajudaram a determinar uma nova posição postural para o Homem. Esta nova postura fez com que o ser humano passasse a andar sobre “duas patas” ao invés de quatro. Ao tornar-se bípede, o Homem desenvolveu pernas mais fortes, uma anca mais larga, tronco mais volumoso e robusto, levando a que todo o desenvolvimento muscular dessas estruturas se tornasse mais evidente.

Toda esta evolução estrutural e comportamental do Homem assentou no desenvolvimento natural de uma postura e equilíbrio corporais específicos. Quando essa postura e esse equilíbrio não são respeitados existe um maior gasto energético por parte do corpo humano. Este excesso de carga muscular e articular leva à degradação de estruturas como as articulações e à geração de lesões e dores.

Contudo, o desenvolvimento tecnológico ocorre rapidamente e demasiado depressa para que a nossa biomecânica o consiga acompanhar convenientemente. Somos mais sedentários e adquirimos posturas menos correctas para a nossa anatomia. Curiosamente, a posição sentada tem sido considerada um dos maiores males deste boom tecnológico. Ao estarmos sentados potenciamos ângulos incorrectos para a coluna e bacia, sendo estas alterações os focos de origem de lesões degenerativas e consequentes dores nessas estruturas.

Quando nos encontramos no estado de equilíbrio sagital ou pélvico estamos a economizar energia articular e muscular. É da mais elementar importância compreender os parâmetros desse equilíbrio de forma a prevenir o aparecimento de lesões e dores na coluna.

A prevenção destes problemas consegue-se consciencializando a população para os benefícios da reeducação postural e para o tratamento das consequências que anos e anos de uma postura incorrecta possam ter causado.